sábado, 29 de março de 2014

13º Festival da Tainha

Faz treze anos que os pescadores de Barra Grande - Península de Maraú - Bahia, resolveram comemorar a fartura da pesca da Tainha, fazendo uma grande festa para agradecer a natureza por tamanha generosidade , durante a festa o resultado da pesca era  repartido com a comunidade local.
Nos meses de abril/maio, as águas da Península de Maraú, ficam cheinhas de Tainha.  Antes a quantidade era tão grande que os pescadores nem sabiam o que fazer com tanto peixe, não tinham como congelar, nem como transportar para outras localidades para comercializar.
Assim nasceu a Festa da Tainha, de uma forma bastante simples... Os anos se passaram, a Vila de Barra Grande cresceu, os turistas de toda parte do mundo descobriram esse paraíso, mas a  Festa  da Tainha continua...  
Camboeiros, Tarrafadores, Marisqueiras e demais membros da comunidade  se unem para manter essa tradição, para agradecer a  generosidade da natureza...

O Festival da Tainha está na sua 13ª edição e esse ano vem com novidades: a comissão organizadora convidou a chef Rosa Gonçalves, pesquisadora da nossa gastronomia de raiz,  para participar da coordenação e trazer novas ideias para essa Festa. A presença da agricultura familiar, das marisqueiras, de estudantes, professores e pesquisadores de gastronomia, de chefes de cozinha, de representantes de comunidades quilombolas, será uma das marcas da festa este ano, onde a estrela principal são os Pescadores - camboeiros e tarrafadores.




A ida para Barra Grande já é um presente.... a travessia de Camamu até a Vila de Barra Grande é um espetáculo da natureza...


A chegada na Vila já é a mostra do sossego, da paz que nos espera....águas limpas, transparentes......


A igrejinha de Santo Antonio, o padroeiro da localidade dando as bençãos a todos que chegam....


Praça da Mangueira, ponto de encontro de moradores e visitantes. Esse ano a o Festival da Tainha amplia também seu espaço físico, além da Praça da Tainha irá também ocupar a Praça da Mangueira, dando conforto aos participantes......


 Durante os dias do Festival os visitantes além de desfrutar das  várias praias paradisíacas da Península de Maraú, poderão aproveitar para conhecer os manguezais e suas riquezas, e também várias comunidades onde os moradores vivem a sua rotina de paz e tranquilidade...

 
As camboas, herança dos índios, fonte de renda para muitas famílias da comunidade....


Água tranparente,  limpa, morninha, característica de todas as praias da Península de Maraú...


Esse pé de tamarindo tem história....


Paz, sossego, tranquilidade, beleza,  essa é a melhor definição desse paraíso chamado Barra Grande...




Sr. Edir, um dos grandes patriarcas de Barra Grande. Moradores e visitantes já estão acostumados com a presença firme e serena de sr. Edir, na varanda de sua casa ele cumprimenta todos que passam, e está sendo disposto a contar as histórias da comunidade.  
Sr. Edir será palestrante na Roda de Conversa do Festival da Tainha.


Jairo, Mara, Rosa, Gleide e Didi, juntos para organizar o 13º Festival da Tainha. 


Vera, Mara, Rosa e Jairo, convite feito, convite aceito.