sexta-feira, 9 de maio de 2014

Salada Barra Grande

Em homenagem ao 13º Festival da Tainha criamos a Salada Barra Grande, utilizando ingredientes da Península de Maraú!
Uma delícia, feita com produtos fresquinhos, pode ser servida  como entrada acompanhada de beijus, torradinhas, etc ou como prato principal acompanhada  de arroz branco ou mix de folhas.
A primeira apresentação que fizemos da nossa salada foi no Programa Prato da Casa, na  TV Bandeirantes,  da nossa querida Elibia Portela.



SALADA BARRA GRANDE
Ingredientes:
Tainha Assada em lascas– 300 g
Camarão Descascado – 200 g
Camarão Grande com Casca – 06 unidades
Polvo Cozido em cubos- 200 g
Aratu Catado – 200 g
Palmito – 1 xícara
Pimentão Verde – 1/2 unidade
Pimentão Vermelho – 1/2 unidade
Cebola Branca picada – 02 colheres de sopa
Cebola Roxa – 01 unidade
Cebolinha – 02 colheres de sopa
Coentro – 02 colheres de sopa
Limão – 02 unidades
Sal, Pimenta do Reino Branca
Azeite de Oliva
Castanha de Caju
Modo de Preparo:
Temperar os camarões com sumo de limão, sal e pimenta.  Aquecer uma frigideira, colocar um fio de azeite de oliva e passar os filés de  camarão. Reservar. Na mesma frigideira fritar os camarões com casca. Reservar.
Na mesma frigideira refogar o polvo cortado em cubos. Reservar.
Temperar o aratu com sumo de limão, sal e pimenta. Aquecer uma frigideira, colocar um pouco de azeite, refogar  a cebola branca, colocar o aratu e refogar bem.
Cortar os pimentões e a cebola roxa  em cubos pequenos. Picar a cebolinha e o coentro. 
Em um recipiente grande misturar todos os ingredientes da salada, temperar com o molho vinagrete.
Colocar em saladeira, decorar com folhas de vinagreira,  camarões fritos, tentáculos de polvo e castanha de caju.
MOLHO VINAGRETE
Ingredientes:
Limão Rosa – 01 unidade
Água
Azeite de Oliva
Mel Karo, Pimenta branca e Sal
Modo de Preparo:  Misture bem todos os ingredientes, utilize para temperar a salada.

Agricultores enriqueceram o 13º Festival da Tainha de Barra Grande

Aproveitamos a presença dos agricultores no Festival e tivemos algumas aulas com eles.
Quantos ensinamentos tivemos durante esses dias, ficamos conhecendo um pouco da realidade deles, das dificuldades que enfrentam para produzir e comercializar produtos de qualidade, mas também juntos relembramos quantos ingredientes que eram utilizados por nossos antepassados e que hoje encontram-se esquecidos.
Pratos que eram preparados por avós, mães, tias e hoje vivem na memória de poucos.
O saber popular precisa cada vez mais ser ouvido e respeitado, sob pena de esquecermos nossas histórias, nossas raízes.
90% dos ingredientes utilizados no 13º Festival da Tainha foram fornecidos por pescadores, marisqueiras, agricultores e pequenos produtores local.




Café da manhã especial com agricultores, pequenos produtores e representantes de comunidades quilombolas.



Os Chefes de Cozinha participantes do Festival receberam com aplausos os agricultores e pequenos produtores de Maraú. 
Um bonito momento de confraternização e troca de informações.



 
  Os Chefes de Cozinha explicaram aos agricultores como estavam utilizando os produtos fornecidos por eles na preparação do Jantar "Gratidão ao Mar" preparado para atender a um público de mil pessoas. 

Agricultura Familiar presente no 13º Festival da Tainha

Desde o primeiro momento que começamos a organizar o 13º Festival da Tainha de Barra Grande, colocamos como um dos pontos fundamentais a presença da agricultura familiar. Sem os agricultores, pescadores, marisqueiras e pequenos produtores locais como podemos sobreviver?
Pedimos logo uma reunião com o secretário de agricultura de Maraú, Mica, que de pronto compreendeu as nossas colocações e vestiu a camisa de mobilizar os agricultores, produtores, associações e cooperativas.
O resultado foi muito bacana: palmito fresco, mel de cacau, aipim, inhame, quiçare, limão, limão rosa, tangerina, laranja de umbigo, bananas da prata, da terra, pão, roxa,  batata doce, abacate, graviola, cupuaçu, cacau, cajarana,  abóbora, quiabo, maxixe, giló, melão roxo, pimentão, capim santo, hortelã miúdo, hortelã grosso, salsa, coentro, coentro largo, couve, alface, rúcula, agrião.....tudo colhido no dia e orgânico.
Ainda tivemos beijus variados, cocadas, docinhos, sorvete de cajarana e coco,  calda de genipapo, polpa de frutas, bolo de aipim e carimã....
Sucesso total!!
Agora a Feira vai ficar permanente em Barra Grande, todas as quintas-feiras, atendendo moradores, visitantes, donos de pousadas e restaurantes. 
Um verdadeiro presente do Festival da Tainha para a comunidade.


A feira tava bem perfumada com o cheiro dos produtos recém colhidos, tudo orgânico.....









Os agricultores nem tiveram tempo de organizar a feira, a comunidade foi logo escolhendo e comprando assim que eles chegaram....


A chef e apresentadora de TV Elibia Portela  e eu fomos logo experimentar os beijus, o secretário de agricultura de Maraú, Mica, era só sorrisos.....



Olha que beleza de banana, apenas três reais essa penca enorme....


Tudo fresco e cultivado com muito carinho...