sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Torresmo a Pururuca, comida mineira presente no II Festival LEM Gastronomia

Sendo o  "Encontro das Cozinhas Brasileiras" o tema do II Festival LEM Gastronomia, é claro que a comida mineira não poderia ficar de fora, ela que está presente na vida diária dos moradores de Luis Eduardo Magalhães, se fez representar com o famoso "Torresmo a Pururuca".
A aula que aconteceu no espaço "Cozinha do Interior", no fogão a lenha, foi realizada pelo casal Moisés e Elina Ferreira, ele baiano, ela mineira, moradores de LEM, cidade que escolheram para viver. Um sucesso grande, público atento, querendo saber todos os segredos para fazer um bom torresmo. O casal contou durante a aula com o apoio do jovem Murilo, também morador de LEM e voluntário do Festival.  
Moisés e Elina, são voluntários do Festival LEM Gastronomia, participantes ativos na sua organização  desde a primeira edição.  Comprometimento, solidariedade, alegria, são marcas desse casal que encantou aos visitantes do II Festival LEM Gastronomia.
E eles ainda elaboraram um passo-a-passo bem didático de como preparar o "Torresmo a Pururuca", para que todos possam usufruir com suas famílias dessa delícia de torresmo. Confira logo abaixo.













TORRESMO À PURURUCA

Receita de Elina Maria Longatti Ferreira e 
Moisés Pedreira de Souza

Ingredientes:
- 10kg de toucinho comum
- 100 gramas de sal de cozinha
- 3 litros de óleo de soja

Modo de Preparo:

1ª Etapa:
Limpar o toucinho de forma que não fique com a camada muito grossa de gordura.
Reservar o toucinho que não estiver com a pele e fritar para obter a gordura que será utilizada nas etapas seguintes.
Cortar de forma uniforme pedaços do toucinho (pele e gordura) com aproximadamente 10cm de comprimento por 2,5cm de largura.
Com a gordura obtida do toucinho frito sem a pele, colocar todos os pedaços do toucinho cortado com pele e pré-fritar com o sal até sair toda a água e iniciar o processo de fritura (pré-fritura).
Com a redução do tamanho para aproximadamente metade do comprimento original, esperar esfriar um pouco e armazenar em vasilhames de forma que o torresmo pré-frito (ainda quente) fique completamente submerso na banha de porco e sem ar no seu interior.
Este toucinho pré-frito pode ser armazenado por até seis meses.

2ª Etapa:
Em uma panela grande colocar o óleo de soja para a quantidade de torresmo que será frito.
Adicionar ao óleo a quantidade de torresmo com a banha de porco mexendo sempre para que todos os pedaços do toucinho pré-frito fiquem em contato com a mistura do óleo de soja e a banha de porco.
O ponto é quando a pele estiver pururucando, ou seja, produzindo som pelas bolhas de ar explodindo na pele. Pode visualizar através das bolhas na pele ou pela redução do som produzindo.
Retirar da panela, escorrer em peneira ou papel absorvente e aguardar um pouco para obter a crocância desejada.


2 comentários:

Help me Please disse...

Lina e Moisés.. Achei vcs... Que tuuudo. Que delícia de receitas. Bjo no coração de vcs..saudades. Lidi Monteiro

Help me Please disse...

Lina e Moisés.. Achei vcs... Que tuuudo. Que delícia de receitas. Bjo no coração de vcs..saudades. Lidi Monteiro